Dicas sobre Feedback

Selecionamos 4 motivos para você adotar o Feedback!

Nada como fechar o mês com todas as metas batidas!

É necessário avaliar se os objetivos estão à altura do que a empresa precisa, como saber se a empresa está crescendo? Medindo detalhadamente se o que foi cumprido está à “altura” da empresa é fundamental, ousar nas metas e sempre querer algo à mais, pode trazer um bônus e motivar os funcionários.

Selecionamos 4 dicas para adotar o Feedback.

1. Mensurar se os Objetivos caminham junto com as expectativas.

2.Incentivar melhorias e desenvolvimento nos funcionários da empresa.

3. Ressaltar pontos fortes e identificar os fracos.

4. Aumentar  a motivação através da melhoria do clima organizacional.

O que custa mais?

Contratar um novo funcionário ou investir o aprimoramento na sua empresa? Um novo funcionário irá requerer um salário mais caro e irá demorar um certo tempo para se adaptar às metas e cultura da empresa, isso afeta seu desempenho e consequentemente demorará mais tempo para se destacar.

Agora o funcionário que já veste a camisa da empresa e a vive, investir nele irá aumentar seu rendimento e sua motivação. Além de sair mais barato, melhora o clima de todos os setores.

Falando nisso, quais são os pontos fortes da sua empresa? Existe algum setor que precisa de ajuste ou um workshop de conhecimento? A competição e bater as metas está sempre no cronograma, mas todos os setores crescem de forma acelerada?  Alinhar as ações para atingir os resultados estratégicos  te faz crescer mais rápido e para o lado certo.

O sonho de qualquer profissional é, trabalhar em um lugar que proporcione crescimento, com um ambiente excelente que visa desenvolver suas habilidades. Qual o índice de Turnover da sua empresa? Se for alta você acredita que é o melhor ambiente para você se dedicar por muitos anos?

 

Ter alta rotatividade de uma função ou setor, não gera boas expectativas e prejudica os times a crescer, alguém sempre entrando torna difícil desenvolver um bom entrosamento.

 

 

 

 

Texto de Jean Lucas 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *