Conheça a diferença entre recursos humanos e gestão de pessoas

Para muitos profissionais, a diferença entre recursos humanos e gestão de pessoas pode ser um tanto sutil. Porém, quando nos aprofundamos neste assunto, percebemos que saber distinguir adequadamente uma atividade da outro pode fazer uma grande diferença, especialmente quando analisamos os métodos e práticas desenvolvidas por cada uma delas, bem como as distintas funções que devem desempenhar. Isso é fundamental para evitar equívocos e dissabores entre a equipe. Algumas empresas integram as duas atividades em um só setor, porém, continuam sendo papéis diferentes a serem desempenhados.

Vamos nos valer aqui da explicação do especialista Célio Pinto, que trabalha em uma empresa-referência em consultoria de recursos humanos: a gestão de pessoas trabalha com o lado mais emocional, considerando uma parte mais humana das pessoas. Por isso, os gestores de pessoas devem descartar análises e métodos muito focados em números, gráficos e estatísticas. Essa seria uma tarefa para o setor de recursos humanos, que lida com folha de pagamentos, benefícios, adequação à legislação e análise de dados.

Por que gerir pessoas é uma tarefa que exige um pensamento criativo, proativo e inovador?

Profissionais que trabalham com gestão de pessoas devem, necessariamente, saber ter empatia, buscar conhecer e trabalhar com valores pessoais e destacar a importância de cada indivíduo para uma empresa. É importantíssimo lembrar que a maioria das pessoas não suporta viver em um ambiente na qual é considerada como uma mera peça de um mecanismo, substituível e necessária apenas para garantir que as engrenagens funcionem como devem. Gerir pessoas se relaciona muito mais a desenvolvimento das mesmas e isso só pode ser feito quando conseguimos estabelecer uma conexão que nos possibilita motivar e incentivar estas pessoas ao crescimento. Isso impacta também de modo muito mais definitivo o crescimento da empresa como um todo. Ter um profissional que sente que pertence a algum lugar é fazer com que ele sinta que trabalha para ele mesmo. O que não deixa de ser verdade.  

Célio Pinto ainda reforça que o setor de recursos humanos possui foco muito maior em controle e não em crescimento. As estratégias devem se voltar para uma maior capacidade organizacional das pessoas que compõem a equipe da empresa, ao contrário da gestão de pessoas, que é um setor focado em crescimento, melhorias e desenvolvimento do time. Embora recursos humanos e gestão de pessoas sejam atividades um tanto relacionadas, são distintas e é preciso saber identificar as funções e objetivos de cada uma.

O especialista não acredita que seja necessário juntar as duas atividades em um único setor de uma empresa ou que uma empresa especializada em desempenhar uma delas precise também especializar-se em outra. Ele não acredita que isso tornaria um setor ou uma empresa “completos”, visto que são duas atividades que não demandam complementação. Em suma, ressalta que considerar o lado humano da equipe é uma função que a gestão de pessoas pode desenvolver com maestria, considerando sempre a individualidade e as qualidades que cada pessoa tem para oferecer à empresa na qual trabalha.

3 Replies to “Conheça a diferença entre recursos humanos e gestão de pessoas”

  1. Pingback: Conseguiu uma entrevista? Aprenda como evitar algumas atitudes que podem fazer com que você perca uma grande oportunidade de contratação - Neo Labor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *